Porque o Futuro dos Negocios é Compartilhar

Você já ouviu falar no modelo de negócios MESH?

Negócios tradicionais seguem uma fórmula simples: criar um produto ou serviço, vendê-lo, coletar o dinheiro.

Contudo, nos últimos anos, um modelo diferente criou raízes – no qual os consumidores possuem mais opções, mais ferramentas, mais informações e mais poder direto.

A autora americana Lisa Gansky dá a isso o nome de MESH e revela por que isso logo dominará o futuro dos negócios.

Companhias MESH se utilizam de mídias sociais, redes sem fio e dados conseguidos por meio das mais diversas fontes para disponibilizar bens e serviços às pessoas, no momento em que elas necessitam, sem que precisem ter o custo e o trabalho de possuí-los totalmente.

Lisa Gansky revela como existem oportunidades reais para se ganhar dinheiro, e marcas confiáveis e comunidades fortes a serem exploradas a fim de ajudar seus consumidores a comprarem menos, mas consumirem mais.

Mesh é o modelo que veio revolucionar o contato entre empresas e consumidores. Compartilhar permitirá maiores lucros, negócios mais verdes, benefícios sociais e mais informações para guiar as escolhas dos consumidores.

Em sua obra, Lisa nos convida a aumentar a percepção a cerca das necessidades do cliente.

Um dos questionamentos sugeridos pela autora é “O que será que eu possuo, ou meus amigos possuem, que nós valorizamos, que o cliente necessita, de que forma podemos compartilhar, em que a relação entre o valor e o custo relativo seja equilibrada?”.

Sair da fórmula criar, vender e cobrar dinheiro pelo produto/serviço é um constante exercício que deve ser feito por organizações que almejam evolução de seus números, assim como pensar novas formas de visualização e distribuição do que se pretende ofertar ao consumidor.

O que você, representante de uma empresa, pensa a respeito de fidelizar o cliente? O estímulo à recompra é um produto de consumo de vida curta ou a proposta com base na necessidade do cliente que serão determinantes para guiar a escolha por sua empresa?

São estas questões que fazem do negócio “mesh” o futuro diante do atual cenário, onde clientes repensam o que consideram valioso em suas vidas ao passo que se frustram com negócios que aumentam rapidamente o custo e reduzem a quantidade/qualidade oferecida.

Compartilhar o conhecimento através de plataformas, web, redes sociais, explorar tecnologias móveis baseadas em localização e aproveitar o momento para a entrega de produtos e serviços (que ofereçam mais valor e menos custo para o ambiente e seus habitantes), são características de empresas “mesh”.

A principal característica do negócio “mesh” é o acesso do consumidor ao produto no lugar de ter a propriedade do bem.

A organização passa a obter mais informações a respeito das necessidades do consumidor, devido ao número de interações com este e o cliente ganha a longo prazo, com ofertas de negócio que traduzem sua necessidade, produtos de qualidade, acesso ao bem no momento que deseja e menos desembolso de valores.

A organização que irá despontar será aquela que obtiver a informação do que de fato tem valor para o cliente.

Se pararmos para analisar ao nosso redor é possível ver a presença da estratégia MESH em várias empresas.

E você, está preparado para acompanhar essa tendência?

 

 

PROTENFOR
(44) 3224-9526
protenfor@gmail.com
Rua Princesa Isabel, 373 - Zona 4 -
CEP: 87014-090
Maringá / PR
© 2017 PROTENFOR - Todos os direitos reservados